Autárquicas

PSD de Oeiras convida Moita Flores para candidato à câmara em 2013

Foto
A última vez que o PSD venceu as eleições em Oeiras foi em 2001 com Isaltino Morais, agora independente Foto: Daniel Rocha

A concelhia do PSD de Oeiras convidou o presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores, para ser candidato à autarquia nas próximas eleições autárquicas, em 2013.

Atingiu o seu limite de artigos

A liberdade precisa do jornalismo. Precisa da sua escolha.

Não deixe que as grandes questões da sociedade portuguesa lhe passem ao lado. Registe-se e aceda a mais artigos ou assine e tenha o PÚBLICO todo, com um pagamento mensal. Pense bem, pense Público.

“A Comissão Política da Secção Concelhia do PSD deliberou, por unanimidade, convidar vossa excelência para cabeça de lista da candidatura do PSD à Câmara Municipal de Oeiras, nas eleições autárquicas de 2013, dando assim corpo a uma candidatura forte, determinada e vencedora”, lê-se numa carta enviada ao autarca.

Moita Flores, que cumpre actualmente o segundo mandato em Santarém, confirmou o contacto da concelhia, mas referiu que ainda não leu o “convite formal”: “Confirmo que sei desse interesse e que houve uma decisão do PSD de Oeiras no sentido de me convidarem formalmente através de uma carta que terá ido hoje para o correio e, portanto, só responderei depois de receber a carta”.

Na carta enviada ao autarca, o PSD de Oeiras considera Moita Flores um candidato “forte, determinado e vencedor” e reconhece-lhe “larga experiência, competência técnica, rigor e capacidade de liderança, honestidade pessoal e profissional”.

O presidente da concelhia do PSD de Oeiras, Alexandre Luz, confirmou o interesse em Moita Flores, convencido de que é uma “aposta ganha”. “Estou perfeitamente convencido de que, com esta candidatura, o PSD vai reconquistar a Câmara de Oeiras em 2013”, afirmou Alexandre Luz.

O líder social-democrata de Oeiras frisou ainda que o convite apresentado representa a “unidade da concelhia na escolha de um candidato com um perfil ganhador”. “O PSD de Oeiras vai investir para ganhar”, concluiu Alexandre Luz, sublinhando que Moita Flores “conhece bem a realidade do concelho, onde tem o seu atelier de escrita há muitos anos”.

A última vez que o PSD venceu as eleições em Oeiras foi em 2001, com a candidatura de Isaltino Morais, que nas eleições de 2005 perdeu o apoio do partido, mas foi eleito presidente, cargo em que se mantém como independente.