Modalidades

Morreu Mark Lenzi, ouro olímpico nos saltos para a água em 1992

Lenzi conquistou a medalha de ouro em Barcelona 1992
Foto
Lenzi conquistou a medalha de ouro em Barcelona 1992 Foto: DR

O atleta norte-americano Mark Lenzi, medalha de ouro nos saltos para a água nos Jogos Olímpicos de Barcelona, morreu aos 43 anos.

A morte de Mark Lenzi foi tornada pública num comunicado da Universidade de Indiana, instituição que o atleta havia frequentado.

“Estamos verdadeiramente tristes pela morte de um campeão olímpico”, sublinhava o responsável norte-americano dos saltos para a água, Bob Rydze, num comunicado publicado na página oficial da Federação na Internet. “Mark [Lenzi] era um dos maiores saltadores do nosso país e sentiremos a falta dele”, acrescentava.

As razões da morte de Mark Lenzi não foram tornadas públicas, mas segundo o jornal Free Lance-Star, de Fredricksburg (Virgínia), terra-natal de Lenzi, o atleta tinha sido hospitalizado após sofrer várias perdas de consciência.

Lenzi conquistou a medalha de ouro no trampolim a três metros nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992. Quatro anos depois, em Atlanta, obteve o bronze na mesma disciplina. O atleta norte-americano foi ainda o primeiro da história a alcançar uma pontuação superior a 100 pontos num salto, em 1991.

Os saltos para a água surgiram na vida de Mark Lenzi quando este tinha 16 anos, depois de ver Greg Louganis conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos de 1984. Abandonou a prática de wrestling para se dedicar aos saltos para a água.

Uma decisão que o levou a sair de casa durante um breve período, porque a decisão não foi bem aceite. “Acho que ninguém acreditava em mim”, recordaria mais tarde Mark Lenzi: “O meu pai queria que eu fizesse wrestling, porque achava que eu ia conseguir uma bolsa universitária. Discutimos e saí de casa durante duas semanas”.

Lenzi nunca voltaria a praticar wrestling. Quando participou na primeira competição de saltos para a água e a ganhou, recebeu cinco ofertas de bolsa, conta o The New York Times. “O meu pai disse: ‘Ok, vai saltar para a água, não vais lutar’”, lembrava o atleta.

Bill Lenzi, pai de Mark, estava nas bancadas em Barcelona na prova em que o filho conquistou a medalha de ouro. “Às vezes, talvez os pais não saibam o que é melhor para os filhos”, diria na altura.

“O Mark [Lenzi] e eu tínhamos falado há algumas semanas. Partilho a dor [da família]”, podia ler-se numa mensagem de outro grande atleta americano dos saltos para a água, Greg Louganis.