As áreas contempladas são a parapsicologia e a psicofisiologia, o que inclui o estudo do sono e do sonho DCF_pics/Flickr
Foto
As áreas contempladas são a parapsicologia e a psicofisiologia, o que inclui o estudo do sono e do sonho DCF_pics/Flickr

Bial: bolsas de investigação para Psicofisologia e Parapsicologia

A Fundação Bial vai lançar novo pacote de bolsas de investigação científica em Psicofisiologia e Parapsicologia. As candidaturas estão abertas até 31 de Agosto

O novo pacote de bolsas da Fundação Bial para investigação científica nas áreas da Psicofisiologia e da Parapsicologia já foi lançado com candidaturas abertas até 31 de Agosto.

As candidaturas devem ser enviadas por correio endereçado ao conselho de administração da fundação. De acordo com o site da Bial, "as candidaturas aprovadas beneficiarão de bolsas de valor pecuniário compreendido entre cinco mil e 50 mil euros", com uma duração máxima de três anos.

No passado, a fundação já apoiou centenas de projectos com milhares de investigadores envolvidos, com uma taxa de 32% de candidaturas apoiadas. "Todos os interessados na matéria podem candidatar-se", afirma o presidente da Fundação Bial, Luís Portela.

Aumento da qualidade dos trabalhos

De acordo com o presidente, os resultados dos projetos apoiados "têm sido simpáticos". "Têm vindo a ser apresentados relatórios de projectos que nos indicam um aumento da qualidade dos trabalhos e dos resultados", explica.

Além disso, a Bial fez um levantamento de resultados até Novembro passado que indica que "havia um total de 444 publicações em revistas científicas, sendo 163 dessas publicações em revistas indexadas".

O trabalho dos investigadores levou ainda à publicação de "79 livros", adianta o presidente. "Quando nós criamos a Fundação Bial, em 1994, estávamos longe de imaginar que poucos anos depois teríamos gente de todo o mundo a concorrer às nossas bolsas", afirma Luís Portela.

Adianta ainda que "a visibilidade da Fundação tem estado "claramente acima das espectativas". Com candidatos de 39 países, a fundação tem tido o benefício da divulgação via Internet, numa era em que "a ciência se faz em rede".

Por agora, ainda não há números definidos; o número de bolsas a atribuir será definido após o final do prazo de candidatura. A Fundação Bial é "constituída e administrada" pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e pelos laboratórios Bial.