Sp. Braga

Leonardo Jardim quer "matar borrego" na Luz

Leonardo Jardim
Foto
Leonardo Jardim Foto: Paulo Pimenta

O treinador do Sporting de Braga recusou nesta sexta-feira a ideia de que o jogo com o Benfica, no sábado, da 25.ª jornada da Liga de futebol, é decisivo e assegurou que a equipa vai jogar para ganhar.

Líder do campeonato, com 58 pontos, o Sporting de Braga joga uma importante cartada na luta pelo título na visita à Luz para defrontar o Benfica, terceiro classificado com menos dois pontos, mas Leonardo Jardim frisou que o desafio "vale apenas três pontos" e que o Sporting de Braga vai à Luz para vencer e "matar o borrego".

A acontecer, seria a primeira vez na história do clube minhoto, já que a única vitória minhota na casa do Benfica em jogos para o campeonato ocorreu no Estádio do Jamor e tem já mais de 57 anos (1-0, golo de Imbeloni, a 31 de Outubro de 1954).

"Quem procura um empate está a dar o primeiro passo para perder. Não temos essa forma de estar, a nossa identidade é entrar para vencer em qualquer campo, contra qualquer adversário", disse.

O treinador madeirense espera um Benfica "de qualidade, que traçou objectivos e fez um grande investimento para isso, que tem um treinador de grande experiência nestas andanças", pelo que não acredita "numa quebra" do adversário, nem no eventual cansaço provocado pelo jogo frente ao Chelsea, para a Liga dos Campeões, na terça-feira.

Questionado sobre se a ausência de Aimar será uma vantagem para o Braga, Leonardo Jardim desvalorizou-a por completo.

"Acho muita graça a essas perguntas. O Benfica fez um investimento de milhões e só porque um jogador não pode jogar já vai fazer falta? Não acredito nisso, numa equipa como o Benfica, a ausência de dois ou três jogadores não podem fazer falta", rematou.

Além de Aimar, também Emerson (castigado), Jardel e Garay (lesionados) são “baixas” nas opções de Jorge Jesus.

Jardim não quis, mais uma vez, assumir a candidatura ao título e notou que FC Porto e Benfica são equipas mais pressionadas por causa do investimento que fizeram, comparativamente com o do Braga.

O técnico afirmou apenas que, "à 24.ª jornada, a melhor equipa do campeonato é o Braga, os números dizem isso", mas notou que faltam seis jornadas e "muita água vai correr debaixo da ponte".

Disse ainda não estar preocupado com o facto de não ser conhecido o nome do árbitro para o jogo, decisão da Comissão da Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, dada a polémica das últimas semanas.

"Nunca me preocupo em saber quem é o árbitro. Acredito que eles fazem o melhor que sabem, erram como todos, mas não digo isto porque o Braga está em primeiro, sempre fui assim. Não é por acaso que o somos a equipa mais disciplinada da Liga, evitamos ir contra as decisões dos árbitros e recorrer às faltas porque defender bem é uma questão estratégica", concluiu.

O jogo entre Benfica e Sporting de Braga está marcado para sábado, às 21h15 (SP-TV1), no Estádio da Luz, em Lisboa.

Sugerir correcção