Foto

Touchcode, a tinta invisível que pode substituir o QR Code

Empresa alemã desenvolveu uma tinta que é reconhecida através dos ecrãs dos smartphones e dos tablets. O código electrónico invisível pode guardar endereços de sites, vídeos, fotos ou som

Printechnologics é o nome da empresa alemã que criou uma tinta electrónica que pode ser aplicada a qualquer produto ou embalagem e depois reconhecida por dispositivos com ecrã táctil.

A tinta inclui um código eletrónico personalizado embutido que, quando colocado em contacto com o ecrã do telemóvel ou tablet é capaz de transmitir informação para o dispositivo. Esta informação pode ser de vários tipos, desde endereços de sites, a vídeos, fotos ou arquivos de áudio. Esta aplicação permite que códigos transparentes sejam impressos em papel, de modo a que, por exemplo, uma embalagem de um alimento possa ter ligação a um site de receitas ou um brinquedo levar-nos a um jogo online.

Esta tecnologia difere dos códigos QR por não necessitar de utilizar a câmara para interpretar o código impresso e por não necessitar de marcações visíveis. Com este Touchcode, o design do objecto não sofre alterações e não é preciso dedicar nenhum espaço em específico a este código.

O Touchcode pretende ser fácil de implementar e sem custos adicionais elevados. A empresa responsável pelo Touchcode garante ainda que a tinta é 100% reciclável. O Touchcode não é visível para o utilizador, pois vai escondido debaixo de uma camada de cor ou entre o papel.

Para ler o código presente nesta tinta basta que os dispositivos tenham uma aplicação capaz de ler os códigos embutidos nos objectos. Esta mesma aplicação também é capaz de ler os códigos QR.

Na Europa, o sistema já foi implementado pela revista alemã The Iconist ao incluir um cartão de visita numa edição recente que, quando era colocado no ecrã do dispositivo touchscreen, permitia o download gratuito de uma edição digital.