FC Porto

Janko diz que no Norte se trabalha e em Lisboa “se gasta o dinheiro”

Janko
Foto
Janko Foto: Miguel Riopa/AFP

O avançado austríaco Mark Janko, jogador do FC Porto, deu uma entrevista à revista “SportWoche”, em que fez algumas considerações curiosas sobre a rivalidade no futebol português.

“Na Áustria nunca vivi nada assim, porque as emoções não são tão extremas. Ódio talvez seja uma palavra demasiado forte, mas as relações entre os rivais são difíceis. Isso tem a ver com a história de Portugal. No Norte, onde fica o Porto, estão os trabalhadores. No Centro estão os estudantes e no Sul, isto é em Lisboa, gasta-se o dinheiro”, disse Janko, para explicar a rivalidade entre FC Porto e Benfica.

O avançado revelou mesmo ter pedido à namorada “para não usar roupas vermelhas quando vai ao estádio do Porto”.

Na mesma entrevista, Janko reagiu ainda às críticas que lhe têm sido feitas. “É uma luta contra moinhos de vento e não quero participar nisso. Fiz 35 golos em 69 jogos pelo Twente”, contrapôs o austríaco, sublinhando que respeita a opinião de toda a gente.

Contratado em Janeiro ao Twente, Janko reconheceu ainda ser uma grande responsabilidade substituir Falcao.