Fórmula 1

Fernando Alonso ganha na Malásia e lidera Mundial

Alonso foi o melhor a gerir o casos gerado pela chuva
Fotogaleria
Alonso foi o melhor a gerir o casos gerado pela chuva Roslan Rahman/AFP
A corrida foi interrompida por causa da chuva: Button conversa com os seus engenheiros
Fotogaleria
A corrida foi interrompida por causa da chuva: Button conversa com os seus engenheiros Foto: Dita Alangkara/AFP
Alonso festeja a primeira vitória desde Julho do ano passado
Fotogaleria
Alonso festeja a primeira vitória desde Julho do ano passado Foto: Edgar Su/Reuters
A entrada do "safety car" em pista foi decisiva para o desenrolar da corrida
Fotogaleria
A entrada do "safety car" em pista foi decisiva para o desenrolar da corrida Foto: Edgar Su/Reuters
O mexicano Sergio Pérez festeja o surpreendente segundo lugar
Fotogaleria
O mexicano Sergio Pérez festeja o surpreendente segundo lugar Foto: Prakash Singh/AFP

Ninguém esperava, mas aconteceu. O espanhol Fernando Alonso foi o vencedor do Grande Prémio da Malásia em Fórmula 1, numa surpreendente corrida em que o mexicano Sergio Pérez (Sauber) foi segundo classificado, à frente do britânico Lewis Hamilton (McLaren).

A corrida ficou marcada pela chuva diluviana, que obrigou à suspensão da prova durante quase uma hora e após apenas nove voltas percorridas.

No regresso à pista, Alonso foi o mais hábil e o mais sortudo. O espanhol trocou de pneus no momento certo, beneficiou de uma paragem mais demorada de Lewis Hamilton nas “boxes” e assumiu a liderança da corrida.

Alonso e a Ferrari não venciam uma prova desde Julho do ano passado (Grã-Bretanha) e o espanol sai da Malásia como líder do Mundial de pilotos, com mais cinco pontos do que Hamilton.

O piloto da Ferrari ainda foi pressionado por Sergio Pérez, que foi a grande surpresa na Malásia.

O mexicano conseguiu subir pela primeira vez ao pódio, beneficiando da estratégia de ter mudado para pneus de chuva logo na primeira volta, o que lhe permitiu intrometer-se na luta pelos primeiros lugares.

Perez ainda chegou a estar muito perto de Alonso na parte final da corrida, mas um erro de condução fê-lo perder algum tempo, deitando por terra as hipóteses de lutar pelo primeiro lugar.

O pódio ficou completo com Lewis Hamilton, que, tal como na Austrália, saiu da “pole position” e terminou em terceiro.

Desta vez, o britânico pode queixar-se da equipa, que o deixou ficar mal na paragem nas “boxes”, após o reinício da corrida.

Mark Webber foi o melhor da Red Bull (quarto classificado), num dia em que Sebastian Vettel teve uma corrida para esquecer. Terminou em 11.º, após um toque com Karthikeyan.

No leque das desilusões, pode ainda integrar-se Jenson Button (14.º) e Michael Schumacher (10.º). O britânico da McLaren também tocou em Karthikeyan, o que o obrigou a uma paragem-extra nas “boxes”, enquanto Schumacher saiu de pista logo no início.

Já o finlandês Kimi Raikkonen (Lotus) voltou a dar boa conta de si, terminando no quinto posto.

ClassificaçõesGP da Malásia

1. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 2h44m51.812s2. Sergio Pérez (MEX/Sauber-Ferrari) a 2.263s
3. Lewis Hamilton (GBR/McLaren-Mercedes) a 14.591s
4. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) a 17.688s
5. Kimi Räikkönen (FIN/Lotus-Renault) a 29.456s
6. Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) a 37.667s
7. Paul di Resta (GBR/Force India-Mercedes) a 44.412s
8. Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) a 46.985s
9. Nico Hülkenberg (ALE/Force India-Mercedes) a 47.892s
10. Michael Schumacher (ALE/Mercedes-AMG) à 49.996
11. Sebastian Vettel (GER/Red Bull-Renault) a 1m15.527s
12. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) a 1m16,828s
13. Nico Rosberg (ALE/Mercedes-AMG) a 1m18,593s
14. Jenson Button (GBR/McLaren-Mercedes) a 1m19,719s
15. Felipe Massa (BRA/Ferrari) à 1m37s319s
16. Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) a 1 volta
17. Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) a 1 volta
18. Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) a 1 volta
19. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) a 2 voltas
20. Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) a 2 voltas
21. Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) a 2 voltas
22. Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) a 2 voltas

Os outros pilotos não se classificaram

Mundial de pilotos

1. Fernando Alonso (ESP) 35 pts2. Lewis Hamilton (GBR) 30
3. Jenson Button (GBR) 25
4. Mark Webber (AUS) 24
5. Sergio Pérez (MEX) 22
6. Sebastian Vettel (GER) 18
7. Kimi Räikkönen (FIN) 16
8. Bruno Senna (BRA) 8
9. Kamui Kobayashi (JPN) 8
10. Paul di Resta (SCO) 7
11. Jean-Eric Vergne (FRA) 4
12. Daniel Ricciardo (AUS) 2
13. Nico Hülkenberg (GER) 2
14. Michael Schumacher (GER) 1

Mundial de construtores

1. McLaren 55 pts2. Red Bull 42
3. Ferrari 35
4. Sauber 30
5. Lotus-Renault 16
6. Force India 9
7. Williams-Renault 8
8. Toro Rosso 6
9. Mercedes-AMG 1

Notícia actualizada às 14h59