Futebol internacional

Alex Ferguson diz que o regresso de Tévez mostra “o desespero do City”

Ferguson criticou o regresso de Tévez
Foto
Ferguson criticou o regresso de Tévez Foto: Valeriano Di Domenico/AFP

O técnico do Man. United arrasou a decisão do rival de fazer regressar o avançado argentino Carlos Tévez, associando-a ao “desespero” do City.

Alex Ferguson respondeu assim ao ex-jogador do Manchester City, Patrick Vieira, que tinha dito recentemente que o regresso de Paul Scholes ao activo mostrava as fraquezas do Manchester United. “Se é desespero trazer de volta o melhor médio britânico dos últimos 20 anos, creio que o podemos aceitar”, disse.

“Se querem falar de desespero, eles [City] utilizaram no outro dia um jogador que se recusou a entrar em campo, e que o treinador disse que nunca voltaria a jogar, e que esteve cinco meses de férias na Argentina”, atacou Alex Ferguson, aludindo ao regresso do avançado argentino Carlos Tévez. “O que é isto? Poderá ser descrito como desespero?”, ironizou o técnico.

Tévez, que já representou o United e é agora jogador do City, voltou a vestir a camisola do clube na última quarta-feira, durante a vitória (2-1) sobre o Chelsea. O avançado argentino estava ausente desde Setembro, quando recusou entrar em campo numa partida da Liga dos Campeões em Munique. Após esse episódio, Mancini afirmou que Tévez nunca voltaria a jogar pelo City.