Conselho de Ministros

Governo aprova entrada do sector agro-alimentar no conselho da internacionalização

Primeira reunião do novo conselho foi a 24 de Fevereiro
Foto
Primeira reunião do novo conselho foi a 24 de Fevereiro Foto: Daniel Rocha

O Governo aprovou hoje, em Conselho de Ministros, a inclusão dos sectores agro-alimentar e florestal no Conselho Estratégico de Internacionalização da Economia (CEIE), a entidade que avalia as políticas públicas e as iniciativas privadas para a internacionalização da economia portuguesa.

A alteração à resolução que estabelece a coordenação estratégica para a diplomacia económica acontece depois de o CEIE ter proposto que o Ministério da Agricultura e a Confederação dos Agricultores de Portugal passem a fazer parte da estrutura do novo organismo.

O conselho, que se reuniu pela primeira vez a 24 de Fevereiro para analisar as prioridades para a internacionalização do sector privado, abordou também a integração da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal.

Liderado pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, o CEIE conta ainda na sua estrutura com os ministros dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, das Finanças, Vítor Gaspar, e da Economia e Emprego, Álvaro Santos Pereira. No conselho estão já representadas a Confederação Empresarial de Portugal, a Associação Empresarial de Portugal, a Confederação do Turismo Português e a Associação Industrial Portuguesa.

O conselho, que veio na prática substituir o extinto Conselho para a Promoção da Internacionalização, analisou as prioridades do sector privado sobre os seus mercados-alvo, as condições financeiras para a internacionalização, e os passos a dar para a simplificação administrativa e o enquadramento fiscal da internacionalização.