I Liga

Vítor Pereira: "Não podemos perder meio ponto sequer"

Vítor pereira está confiante para o jogo do FC Porto contra o Feirense
Foto
Vítor pereira está confiante para o jogo do FC Porto contra o Feirense Foto: Miguel Riopa/AFP

O treinador do FC Porto, Vítor Pereira, exclui qualquer possibilidade de o FC Porto “perder pontos” no domingo na recepção ao Feirense.

“Não pode voltar a acontecer. O FC Porto não pode perder pontos. Temos de ganhar. Vamos ganhar ao Feirense. Vamos jogar para ganhar. Não podemos perder meio ponto sequer”, vincou o técnico, na antevisão da 20.ª jornada.

A dois pontos do rival Benfica, que joga em Coimbra neste sábado com a Académica, o treinador dos “dragões” assume que o desafio frente ao Feirense é “fundamental” para a sua equipa, consciente de que tem de “conquistar os três pontos, se possível com um bom jogo”.

“Sabendo que vamos defrontar um adversário que em sua casa nos subtraiu dois pontos, temos de estar concentrados, no máximo das nossas capacidades e potencial”, sublinhou, antes de prometer que o grupo “tudo fará para ser campeão”: “Daremos tudo de nós para revalidarmos o título”.

E é porque quer todo o plantel concentrado apenas no Feirense que Vítor Pereira evitou comentar as palavras do seleccionador Paulo Bento, que admitiu gerir o esforço de “dragões” e “águias” no particular de Portugal frente à Polónia (48 horas antes do “clássico” da Luz), bem como as de Jorge Jesus, que “esperava mais luta” do FC Porto frente ao Manchester City.

“Tenho o máximo de respeito pela selecção e seleccionador, mas quero ver a minha equipa completamente concentrada a perceber que o jogo com o Feirense é fundamental para nós. Que as minhas palavras sejam a imagem disso mesmo”, exemplificou.

Vítor Pereira escusou-se igualmente a falar sobre a derrota do Benfica em Guimarães, apenas prometendo ir atrás do título “com todos os argumentos e no fim fazer contas”.

O técnico portista evitou também opinar sobre qual a melhor equipa portuguesa da actualidade: “Não consigo responder. Mesmo na grande época que fizemos o ano passado, que ficará na história, tivemos momentos em que jogámos um grande futebol, mas outros em que valeu esforço e atitude para ganhar alguns jogos.”

Os números dizem que o FC Porto tem sido mais indisciplinado esta época, com mais cartões. Vítor Pereira critica as admoestações por “palavras aos árbitros”, mas diz que não pode pedir aos seus pupilos para serem menos agressivos em campo, quando durante a semana treinam precisamente para serem empenhados na procura da bola.