Jorge Jesus: “Há uma grande penalidade sobre o Aimar”

Foto
Jesus lamentou as oportunidades desperdiçadas Foto: AFP

Jorge Jesus considera que no segundo tempo a sua equipa foi mais “agressiva ofensivamente” e “só o Nélson [Oliveira] esteve três vezes isolado na cara do guarda-redes. Merecia ter saído daqui com um golo".

O técnico benfiquista considera que houve “uma grande penalidade sobre o Aimar que foi transformado numa falta contra” o Benfica e explicou que Rodrigo não jogou porque “ressentiu-se da lesão sofrida contra o Zenit”.

“Vamos chegar ao jogo contra o FC Porto em igualdade de pontos, mas o campeonato é muito equilibrado. O ‘clássico” não será decisivo”, concluiu.