Rali dos Açores

Bruno Magalhães desiste após acidente a 150 km/h

Bruno Magalhães, aqui em 2008, não sofreu ferimentos
Foto
Bruno Magalhães, aqui em 2008, não sofreu ferimentos DR

O piloto português Bruno Magalhães sofreu nesta sexta-feira um despiste, seguido de capotamento, que o obrigou a desistir do Rali dos Açores, primeira prova do calendário do Intercontinental Rally Challenge (IRC), a decorrer até sábado em São Miguel.

Bruno Magalhães, que venceu a prova açoriana em 2008 e 2010, despistou-se na segunda passagem pela Prova Especial de Classificação (PEC) de Feteiras, no concelho de Ponta Delgada, quando seguia a cerca de 150 quilómetros/hora.

O piloto, em declarações aos jornalistas, disse que o acidente foi originado por um toque muito violento.

O Peugeot 207 S2000 de Bruno Magalhães capotou ao longo de 60 metros e ficou completamente destruído, mas o piloto e o co-piloto não sofreram ferimentos.