Tijolo de Prata é um projecto experimental que não envolve dinheiro cogdogblog/Flickr
Foto
Tijolo de Prata é um projecto experimental que não envolve dinheiro cogdogblog/Flickr

Tijolo de Prata é uma rádio lisboeta "meio caseira"

Um arquitecto e um médico uniram-se para criar um projecto radiofónico a partir de Lisboa. Chama-se Tijolo de Prata e aparece uma vez por mês, sempre às quartas-feiras

A Rádio Tijolo de Prata existe desde Maio de 2010 mas só aparece uma vez por mês. É mais ou menos como o salário da maioria das pessoas. As primeiras quartas-feiras de cada mês são sempre deles... de João Bentes, o arquitecto, e de João Santos, o médico, ambos com 26 anos. Mas só a partir das 22h, depois dos Patinhos. A emissão dura uma hora e termina, por isso, antes do "Minuto de Economia". O objectivo é criar uma rotina auditiva.

A emissão acontece apenas online o que lhes permite chegar a todo o lado. Talvez por isso, conta o jovem arquitecto ao P3, já tenham recebido e-mails do Canadá, de Barcelona e da Indonésia. A rádio faz-se às quartas-feiras porque, segundo João Bentes, “faz mais sentido a meio da semana”. Há rubricas fixas e “há outras que vão surgindo”, até porque se aceitam propostas de onde quer que elas venham.

Entre as fixas contam-se quatro: a "3 e 3 Descobertas", a "Ao Vivo", a "Rubrica da Semana" e "A Despedida". A que tem causado mais sensação é a “Rubrica da Semana”, que conjuga sessões ao vivo com improviso. Com quase dois anos de vida, vão amontoando “ideias de gaveta” e uma delas será, em breve, posta em prática: “Maratona Radiofónica” é o nome de baptismo e isto significa que a Tijolo de Prata terá uma emissão contínua durante uma semana, 24 sobre 24 horas.

PÚBLICO -
Foto
O arquitecto João Bentes e o médico João Santos, ambos com 26 anos Ana Santos

Um estúdio às costas

Este é um projecto experimental e não envolve dinheiro. É uma rádio portátil que viaja feliz e segura na mala de um carro. A Tijolo de Prata faz-se ora em casa de João Bentes, na Calçadinha do Tijolo, ora em casa de João Santos, na Rua da Prata (daí o nome). Passeia bastante por Lisboa e já conquistou vários ouvintes... alguns no sudeste asiático.

Amigos nos Facebook têm alguns mas servem-se pouco da rede social. São contra a corrente. Aliás, João Bentes conta que já tirou um curso de rádio onde, entre outras coisas, lhe disseram que um projecto radiofónico deve dirigir-se a um público-alvo específico. Mas João não fez caso e até gosta de contrariar.

Querem, isso sim, chegar a todo o lado e fazer com que, nas primeiras quartas-feiras de cada mês, as pessoas se sentem em casa para ouvir rádio. Seja em Portugal, seja na Indonésia, seja nas ilhas Fidji. O mundo é o limite. A próxima emissão é, pois, dia 7 de Março, às 22h, e o convidado será o pianista Tiago Sousa.