Futebol

Três jogos de castigo para João Ferreira por recusar arbitrar Beira-Mar-Sporting

Três jogos de castigo para João Ferreira
Foto
João Ferreira foi nomeado para o jogo entre os dois primeiros da Liga Foto: Manuel Roberto

O árbitro João Ferreira foi castigado pelo Conselho de Disciplina da Federação com três jogos de suspensão por não ter cumprido a nomeação para o Beira-Mar-Sporting.

João Ferreira, árbitro da Associação de Futebol de Setúbal, recusou-se a apitar o Beira-Mar-Sporting da segunda jornada da Liga. Em causa estavam as críticas do clube “leonino” à arbitragem após o encontro com o Olhanense, da primeira jornada.

Para além de João Ferreira, castigado com três jogos de suspensão, também Paulo Baptista (AF Portalegre) e Rui Patrício (AF Aveiro) foram punidos, com dois e um jogo de suspensão, respectivamente, pode ler-se no comunicado do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Os árbitros assistentes Pais António e Valter Pereira foram castigados com um jogo de suspensão.

O caso remonta a Agosto de 2011, quando João Ferreira recusou arbitrar a partida dos “leões” na sequência das críticas ao desempenho da arbitragem no primeiro encontro do campeonato. Face a esta posição irredutível, acabou por ser Fernando Idalécio Martins, um árbitro dos distritais de Aveiro, que apitou o jogo.