Casa da Música recebe o Festival Internacional de Jazz "12 Points"

Depois de ter passado por várias cidades europeias, em 2012 a sexta edição do “12 Points” chega ao Porto

Os alemães Schneeweiss Und Rosenrot apresentam-se a 19 de Fevereiro
Fotogaleria
Os alemães Schneeweiss Und Rosenrot apresentam-se a 19 de Fevereiro
Machine Birds
Fotogaleria
Machine Birds

2012 é, definitivamente, o ano das capitais europeias em Portugal. Depois de Guimarães (Cultura) e de Braga (Juventude), o Porto assume-se como a capital europeia do jazz jovem. Em Fevereiro, a Casa da Música acolhe o “12 Points”, um Festival Internacional de Jazz com sede em Dublin. O objectivo é claro: lançar os músicos jovens para uma carreira internacional.

A sexta edição deste festival nómada - que foi buscar o nome aos célebres “12 pontos” do Festival Eurovisão - apresenta 12 bandas emergentes no panorama do jazz europeu escolhidas por um júri num universo de mais de 400 candidaturas, 14 das quais portuguesas. De 16 a 19 de Fevereiro, às 21 horas, três bandas por noite prometem encher a Sala 2 do edifício concebido por Rem Koolhaas.

A abertura fica a cargo do quarteto finlandês Big Blue (dia 16) e a última banda a subir ao palco são os dinamarqueses Girls in Airport (dia 19). Por volta da meia-noite, o jazz ruma às Jam Sessions, no bar Labirintho, no Porto, uma iniciativa promovida pela associação Porta Jazz.

Um português entre os finalistas

Hugo Carvalhais está entre os 12 finalistas deste ano. Há um ano, Susana Santos Silva, actualmente trompetista na Orquestra de Jazz de Matosinhos (OJM), foi a eleita do júri e actuou em Dublin. Hoje, parece não ter dúvidas: “Ter estado lá põe-me algures no mapa”.

Na última fase serão escolhidos três vencedores, mas Fernando Sousa, programador da Casa da Música, garante que o essencial neste festival é a troca de experiências e contactos entre os músicos.

As entradas para o festival custam dez euros. Os portadores do cartão “amigo” terão um desconto de dois euros e meio e 30 euros é o valor do passe geral. A organização prevê que, em 2013, Itália seja o país contemplado com o festival.

Ao longo de quatro dias, as bandas vão actuar, em grupos de três, na Sala 2 pelas 21h, pela seguinte ordem: a 16 de Fevereiro Big Blue (Finlândia), Thought-Fox (Irlanda) e De Beren Gieren (Bélgica); a 17 de Fevereiro Hugo Carvalhais -Nebulosa (Portugal), Livio Minafra (Itália) e World Service Project (Inglaterra); a 18 de Fevereiro Maciej Obara Quartet (Polónia), Divanhana (Bósnia e Herzegovina) e Actuum (França); a 19 de Fevereiro Schneeweiss Und Rosenrot (Alemanha), Machine Birds (Noruega) e Girls in Airports (Dinamarca).