Arne Kuilman/Flickr
Foto
Arne Kuilman/Flickr

Biblioteca Nacional vai lançar as suas edições em "ebook"

É possível alugar e comprar as edições da BNP em formato que pode ser lido em sistemas operativos Apple, Android e Windows

A Biblioteca Nacional de Portugal acaba de lançar em formato "ebook" as suas edições, que podem ser alugadas ou compradas numa plataforma específica associada à sua livraria online, criada em Agosto de 2010.

"A entrada da Biblioteca Nacional de Portugal (BNP) no mercado de 'ebooks' realiza-se com uma inovação: o aluguer de obras ao preço fixo de um euro por cinco dias. Em alternativa, o acervo digital pode ser adquirido com licença perpétua e a preços de venda 50 por cento inferiores aos praticados na versão impressa”, refere a Marka, empresa responsável pela gestão da nova plataforma, em comunicado enviado esta quarta-feira à Lusa.

Nesta plataforma, é possível alugar e comprar as edições da BNP em formato que pode ser lido em sistemas operativos Apple (iPad, iPhone e iPod Touch), Android e Windows.

Incubadora em Aveiro 

Também em comunicado enviado à Lusa, a Biblioteca Nacional indica: “Para a BNP, a adopção desta nova tecnologia corresponde a uma estratégia de modernização da sua função enquanto editor à qual não é alheio o objectivo, actualmente essencial, de internacionalização em todas as suas vertentes de actividade o que, no caso das edições, é altamente potenciado pelo formato 'ebook'”.

Trata-se de uma plataforma totalmente desenvolvida em Portugal, nos últimos três anos e meio, e representa um investimento de 850 mil euros, revelou a Marka, um agregador nacional, que é o terceiro maior a nível europeu em volume de conteúdos que coloca no mercado.

A empresa proprietária da nova plataforma utilizada pela BNP sublinhou ainda que “a solução de gestão de bibliotecas digitais foi criada exclusivamente com recurso a engenheiros formados nas universidades portuguesas, com especial destaque para a incubadora da Universidade de Aveiro”.