Benfica

Jorge Jesus: “Queremos defender este título”

Foto
Foto: Christian Hartmann/Reuters.

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, afirmou que o objectivo da sua equipa é defender o título na Taça da Liga, competição que o clube venceu nas últimas três temporadas.

“O Benfica entra em todas as competições para vencer e queremos defender este título, sabendo Taça da Liga é uma competição onde todos têm a ambição de a vencer”, disse o técnico que levou os “encarnados” à vitória nas duas últimas edições da prova, após o triunfo de Quique Flores, em 2008/09.

Em conferência de imprensa, o técnico referiu que o Vitória de Guimarães é um adversário difícil, que também tem a ambição de conseguir conquistar o troféu.

“O Guimarães tem objectivos em todas as competições, é uma das boas equipas em Portugal, com bons jogadores. Não está a fazer um campeonato de acordo com os objectivos, mas não deixa de ser uma equipa forte”, explicou Jesus.

Sobre a renovação de Saviola, Jorge Jesus referiu que ficou satisfeito por poder contar com o avançado argentino por mais um ano, deixando também elogios ao médio Pablo Aimar.

“Saviola é um dos estrangeiros que tem melhorado em Portugal a qualidade do nosso futebol e fico satisfeito por saber que podemos contar com ele por mais um ano. Tanto o Aimar, como o Saviola, são dois jogadores aos quais o Benfica está grato. Sabem ambos o que o presidente do Benfica já falou com eles e estão seguros e confiantes”, sublinhou.

Em relação a Ruben Amorim e Enzo Perez, que estão afastados da equipa e se deparam com problemas disciplinares, Jorge Jesus referiu que são assuntos nas mãos da direcção do Benfica.

“Será sempre a direcção do Benfica que vai ter essa responsabilidade e vou aguardar aquilo que a minha entidade patronal resolver. Não posso andar à frente do que a SAD possa resolver. Não compareceram ao trabalho, por uma razão um e outro por outra, vai ser resolvido e depois estamos cá para pensar”, frisou.

Jorge Jesus comentou também uma possível continuidade de Luís Filipe Vieira como presidente do Benfica, afirmando que “os sócios de certeza que querem a sua continuidade”.

Sobre a sua continuidade, numa altura em que tem mais ano e meio de contrato com o Benfica, Jorge Jesus salientou que está “satisfeito por estar no Benfica”, apesar de consciente de que “no futebol hoje a realidade é uma e amanhã pode ser outra”.

Treinador contra possível restrição de estrangeiros

Jesus criticou a possível restrição de futebolistas estrangeiros, sugerida por uma comissão criada pelo Governo para melhorar o desporto nacional.


O técnico “encarnado” discorda de alguns assuntos abordados pela comissão criada pelo ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas. “Uma das propostas que têm em cima da mesa é que estrangeiros só internacionais, mas Portugal não tem capacidade financeira para os contratar. O campeonato em Portugal é competitivo porque somos formadores de jogadores, de portugueses e de estrangeiros. Quando falam de restringir estrangeiros têm de saber o que estão a dizer”, sustentou.

“O ministro escolheu uma comissão para melhorar qualidade do desporto e eu falo do futebol. Essas pessoas que têm essa responsabilidade têm que perceber o que estão a fazer”, acrescentou.

Como medidas positivas, Jorge Jesus destacou a possibilidade de se aumentar o número de equipas na Liga, para mais duas, bem como o regresso das equipas B, o que na sua opinião ajuda a valorizar os jogadores portugueses.

Sugerir correcção