Venezuela

Chávez especula que EUA podem ter método para desenvolver cancro nos líderes sul-americanos

Chávez está em tratamentos para o cancro
Foto
Chávez está em tratamentos para o cancro Foto: Jorge Silva/Reuters

O Presidente venezuelano, Hugo Chávez, que está a ser tratado a um cancro, especulou na quarta-feira que os EUA podem ter desenvolvido uma forma de fazer com que os líderes da América latina desenvolvam este tipo de doença.

As declarações surgem depois de ter sido noticiado que a Presidente argentina Cristina Kirchner se juntou à lista de presidentes diagnosticados com a doença. Kirchner tem cancro da tiróide.

Foi uma típica declaração controversa do líder venezuelano, que foi operado em Junho para retirar um tumor da pélvis. Chávez, porém, sublinhou não estar a fazer acusações, apenas a pensar em voz alta.

“Não seria estranho se eles tivessem desenvolvido tecnologia para induzir cancro e ninguém soubesse disso até agora... Não sei. Estou apenas a reflectir”, afirmou, num discurso feito numa base militar, transmitido na televisão.

“Mas isto é muito, muito, muito estranho...”, acrescentou. “É um pouco difícil explicar isto, perceber isto, mesmo usando a lei das probabilidades”.

Para além de Chávez e Fernandez, o Presidente do Paraguai, Fernando Lugo, a Presidente brasileira, Dilma Roussef, e o ex-Presidente do Brasil Lula da Silva foram todos diagnosticados recentemente com cancro.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações