Aumento forte entre os professores

Desempregados registados nos Centros de Emprego sobem em Novembro pelo quinto mês

É o quinto mês consecutivo de aumento dos desempregados
Foto
É o quinto mês consecutivo de aumento dos desempregados Foto: Rita Chantre/arquivo

O número de desempregados inscritos nos Centros de Emprego do IEFP era de 583.420 no final de Novembro, o que representa uma subida de 2,9% face a Outubro, revelou hoje o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Este número de desempregados representa uma subida de 6,7 por cento face a Novembro de 2010. Neste período, o aumento do desemprego afectou mais os homens (+9,9%) do que as mulheres (+3,9%).

Trata-se do quinto mês consecutivo de aumento dos desempregados registados nestes centros, num período em que as ofertas de emprego a estas pessoas também diminui pelo quinto mês consecutivo.

Em relação a Novembro de 2010, o aumento do desemprego teve especial relevância nos “docentes do ensino secundário, superior e profissões similares” (+105,6%) e nos “profissionais de nível intermédio do ensino” (+33,7%), com, respectivamente, explica o IEFP no Boletim Mensal do Mercado de Emprego hoje divulgado.

Quanto ao tempo de duração da procura de emprego, 61,1% dos inscritos estavam registados há menos de um ano e 38,9% há um ano ou mais. Face ao mesmo mês do ano anterior, houve aumento do desemprego verificou-se apenas na situação de curta duração (+12,2%).

Os números dos desempregados inscritos nos Centros de Emprego não representam o desemprego no país, pois nem todos os desempregado se registam neste serviço. No entanto, pela elevada coincidência destes dois universos, são um bom indicador da evolução do desemprego no país.

Sugerir correcção