Aumento forte entre os professores

Desempregados registados nos Centros de Emprego sobem em Novembro pelo quinto mês

É o quinto mês consecutivo de aumento dos desempregados
Foto
É o quinto mês consecutivo de aumento dos desempregados Foto: Rita Chantre/arquivo

O número de desempregados inscritos nos Centros de Emprego do IEFP era de 583.420 no final de Novembro, o que representa uma subida de 2,9% face a Outubro, revelou hoje o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Este número de desempregados representa uma subida de 6,7 por cento face a Novembro de 2010. Neste período, o aumento do desemprego afectou mais os homens (+9,9%) do que as mulheres (+3,9%).

Trata-se do quinto mês consecutivo de aumento dos desempregados registados nestes centros, num período em que as ofertas de emprego a estas pessoas também diminui pelo quinto mês consecutivo.

Em relação a Novembro de 2010, o aumento do desemprego teve especial relevância nos “docentes do ensino secundário, superior e profissões similares” (+105,6%) e nos “profissionais de nível intermédio do ensino” (+33,7%), com, respectivamente, explica o IEFP no Boletim Mensal do Mercado de Emprego hoje divulgado.

Quanto ao tempo de duração da procura de emprego, 61,1% dos inscritos estavam registados há menos de um ano e 38,9% há um ano ou mais. Face ao mesmo mês do ano anterior, houve aumento do desemprego verificou-se apenas na situação de curta duração (+12,2%).

Os números dos desempregados inscritos nos Centros de Emprego não representam o desemprego no país, pois nem todos os desempregado se registam neste serviço. No entanto, pela elevada coincidência destes dois universos, são um bom indicador da evolução do desemprego no país.