Fotogaleria
Fotogaleria

Primeiro-ministro é candidato a futebolista do ano

Boyko Borisov é avançado do Vitocha Bistritsa, equipa da terceira divisão da Bulgária

O primeiro-ministro búlgaro, Boyko Borisov, foi anunciado como favorito na eleição de “Futebolista do Ano” no seu país, após conhecer-se o voto dos adeptos, que apoiaram as críticas do governante à qualidade da modalidade na Bulgária.

Segundo os organizadores do prémio, Borisov, avançado do Vitocha Bistritsa, equipa da terceira divisão da Bulgária, recolheu 44 por cento dos votos, contra 24 de Berbatov, do Manchester United, que venceu o galardão na época anterior. Os resultados finais serão divulgados a 23 de Dezembro e terão em conta os votos dos jornalistas desportivos, que ainda não começaram a votar.

O governante, antigo particante de karaté, propôs a anulação daquilo a que chamou “voto de protesto”, que visou sublinhar a mediocridade do futebol búlgaro, justificando que, à falta de melhor, os adeptos votaram em Borisov, que não esconde as suas críticas à gestão da modalidade no seu país.

“O vosso voto não revela que Borisov é o melhor futebolista, mas que o futebol búlgaro precisa de reformas e de novas politicas”, escreveu o primeiro-ministro, numa carta entregue à organização e difundida pelo seu partido, o GERB. Conforme reconhece na nota, “o futebol e o desporto búlgaro estão confrontados com a crise e vivem na penúria”.

A Búlgária não se qualificou para o Europeu de 2012 e a votação dos adeptos em Borisov coincide com as tensões sociais que se fazem sentir naquele país.