IndieLisboa leva cinema português a Budapeste

DR
Foto
DR

"José & Pilar", "Guerra Civil", "Balaou", "Casa" e "O Barão" são os filmes exibidos

Três dias e cinco filmes portugueses constituem o ciclo de cinema português que o IndieLisboa vai levar a Budapeste, na Hungria. Entre os dias 8 e 11 de Dezembro, o "IndieLisboa Days - Portuguese Cinema on Tour" vai ocupar o Cinema Kino Mozi, em pleno centro da cidade.

Numa iniciativa que conta com a cooperação do Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões, da Embaixada de Portugal e do Cinema Kino Mozi, o Indie vai apresentar alguns dos filmes e cineastas que marcaram o ano português cinematográfico, com destaque para "O Barão", de Edgar Pêra, que se estreou em Outubro nos cinemas.

A mostra abre dia 8 com o candidato português à nomeação para os Óscares de melhor filme estrangeiro, "José & Pilar", de Miguel Gonçalves Mendes. Ao documentário sobre a vida e a relação de Saramago e Pilar del Río, segue-se, no dia 9, "Guerra Civil", de Pedro Caldas, uma história de amores de verão e de revolta juvenil, ao som das músicas do princípio dos anos 80 (Orange Juice e Joy Division).

O documentário, rodado nos Açores, de Gonçalo Tocha que em 2007 venceu o prémio de melhor longa portuguesa no IndieLisboa, "Balaou", vai ser exibido no dia 10 de Dezembro.

O programa termina domingo, dia 11, com a exibição de dois filmes apresentados no IndieLisboa deste ano, nomeadamente, a curta-metragem "Casa", de André Gil Mata, e "O Barão", a longa-metragem protagonizada por Nuno Melo.

Todas as sessões de cinema acontecem às 20h, hora local (21h em Portugal), e são acompanhadas por Rui Pereira, um dos directores do festival de cinema independente de Lisboa.

O "IndieLisboa Days - Portuguese Cinema on Tour" é um ciclo promovido pelo festival, que tem como objectivo prolongar a sua acção, divulgando internacionalmente o cinema português em vários países.