Novo filme sobre Segunda Guerra Mundial

Tom Hanks planeia adaptação de “Garden of Beasts”

Produtor e actor do filme, Tom Hanks.
Foto
Produtor e actor do filme, Tom Hanks. Reuters/Lucas Jackson

Depois de protagonizar o filme “O Resgate do Soldado Ryan”, de Steven Spielberg, e produzir a série “Irmãos de Armas”, Tom Hanks planeia regressar ao grande ecrã, desta vez acumulando as funções de produtor, ao lado de Gary Goetzman, e protagonista com a adaptação de “In the Garden of Beasts”, uma obra baseado no livro de Erik Larson.

A Universal Pictures comprou os direitos do livro, “In the Garden of Beasts: Love, Terror and an American Family in Hitler’s“, de Erik Larson, publicado em Maio deste ano. Segundo o The Hollywood Reporter, a Universal vai agora ceder os direitos à produtora The Playtone Company, de Tom Hanks e Gary Goetzman.

“In the Garden of Beasts: Love, Terror and an American Family in Hitler’s“ conta a história, passada em 1933 e baseada em factos reais, de William Dodd, um embaixador norte-americano em Berlim, e da sua filha Marta, uma típica menina rica que se envolve emocionalmente com as pessoas erradas - um agente da Gestapo e um espião russo. O livro mostra os dois lados do regime de Adolf Hitler: o inicial fascínio pelo partido nazi e, depois a consciência da dimensão trágica que antecede a Segunda Guerra Mundial.

O ambiente de guerra tem estado presente ao longo da carreira do actor consagrado pelo filme “Big”, de 1988. Antes de “O Resgate do Soldado Ryan”, o actor viveu a personagem Forrest Gump, em 1994, que lutou em plena guerra do Vietname. Não esquecendo a série vencedora de seis Emmys, de 2000, “Irmãos de Armas”, produzida pela The Playtone Company em parceria com Steven Spielberg, que contava a história do exército americano na Segunda Guerra Mundial.

Esta não é a primeira vez que uma obra de Larson é vista como potencial filme. “The Devil In The White City”, também da autoria do escritor, é um dos livros favoritos do actor Leonardo Dicaprio e um projecto que tem vindo a tentar desenvolver.

Notícia corrigida no dia 30/11 às 11h04

.