Standard de Liège volta a acusar FC Porto de não pagar Defour e Mangala

Foto
O belga Defour (à esquerda) deixou o Standard de Liège para reforçar o FC Porto Foto: Reuters

“O FC Porto respondeu às solicitações do nosso director-geral com um telefonema na sexta-feira, dia 7 de Outubro, para anunciar que o pagamento das somas devidas pelas transferências dos jogadores Defour e Mangala seria feito até ao fim da semana que passou”, pode ler-se no comunicado publicado pelo Standard de Liège na página oficial na Internet.

“Apesar desta promessa de pagamento – já atrasado – nenhuma quantia foi paga até ao dia de hoje pelo FC Porto. O Standard de Liège iniciará imediatamente os procedimentos necessários junto aos órgãos competentes”, conclui o clube belga.

O Standard de Liège já se tinha queixado da falta de pagamento por parte do FC Porto a 29 de Setembro, num comunicado em que acusava os “dragões” de não honrarem o compromisso assumido. Na altura, o FC Porto assumiu “alguns dias” de atraso no pagamento ao Standard de Liège. “O Atlético de Madrid ainda não pagou a transferência de Radamel Falcao e isso obriga ao adiamento de alguns pagamentos”, explicava o clube na altura.

As aquisições de Defour e Mangala foram oficializadas a 16 de Agosto, em comunicado enviado pelo FC Porto à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. Os “dragões” adquiriram 100 por cento dos direitos económicos de ambos os atletas, numa verba total de 12,5 milhões de euros: seis milhões por Defour e 6,5 milhões por Mangala.

O PÚBLICO tentou, sem sucesso, obter esclarecimentos do FC Porto.

Sugerir correcção
Comentar