São mulheres residentes nos bairros da Rosa e do Ingote Francisco Paramos
Foto
São mulheres residentes nos bairros da Rosa e do Ingote Francisco Paramos

"Mulheres extraordinárias" nos estendais de Coimbra

A exposição “Mulheres de Bairro” é uma parte do projecto, estando prevista a publicação de um livro pela Lápis de Memórias

Vinte fotografias de grande formato impressas em bandeiras, retratando a vida de “quatro mulheres extraordinárias” residentes nos bairros da Rosa e do Ingote, em Coimbra, vão estar expostas até ao dia 30 de Novembro em estendais nestas zonas da cidade.

A exposição em estendais dos bairros sociais da Rosa e do Ingote é o resultando de um estágio curricular de um aluno do curso de Comunicação e Design Multimédia da Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC) no Departamento de Habitação da Câmara Municipal.

“São mulheres extraordinárias. Todas elas têm uma história dura de vida, mas são mulheres de luta, de resistência”, disse à Lusa o vereador com o pelouro da Habitação na Câmara de Coimbra, Francisco Queirós.

PÚBLICO -
Foto
Foram tiradas cerca de três mil fotografias Francisco Paramos

Três mil fotografias

PÚBLICO -
Foto
Está prevista a publicação de um livro pela Lápis de Memórias Francisco Paramos

Das cerca de três mil fotografias que tirou no âmbito do projecto, o jovem, Francisco Paramos, seleccionou 20 com imagens do quotidiano destas quatro mulheres, referiu o autarca da CDU. O objectivo deste projecto de arte pública nestes dois bairros sociais de Coimbra é “mostrar à cidade que, por trás dos prédios vivem pessoas que têm histórias de vida como as outras”, adiantou Francisco Queirós.

“Sinto que cresci também, sem dúvida, a nível profissional, mas sei que o crescimento maior pela experiência que tive foi essencialmente como ser humano. Não só pelas questões delicadas que tive de tratar, mas também, e principalmente, pelas pessoas que tive o prazer de conhecer ao longo do percurso do meu projecto”, refere Francisco.

A exposição “Mulheres de Bairro” constitui uma parte do projecto, estando prevista também a publicação de um livro pela editora Lápis de Memórias.

A iniciativa resulta de um protocolo entre o Departamento de Habitação da Câmara de Coimbra e a ESEC, em que estão também envolvidas as Associações de Moradores dos Bairros da Rosa e do Ingote, o Projecto Trampolim e a Direcção Regional de Cultura do Centro.

Sugerir correcção