Cimeira sobre a crise do euro confirmada para 23 de Outubro

Foto
François Lenoir/Reuters/Arquivo

“Depois de uma ronda de consultas na semana passada e durante o fim-de-semana, nomeadamente com os presidentes da Comissão [Europeia] e do Eurogrupo, sobre os desenvolvimentos na zona euro, decidi convocar o Conselho Europeu e a cimeira da Zona Euro uma semana mais tarde, no domingo 23 de Outubro de 2011”, afirmou Van Rompuy em comunicado emitido há minutos em Bruxelas.

“Este calendário deverá permitir finalizar a nossa estratégia global sobre a crise da dívida soberana da zona euro cobrindo vários temas relacionados”, acrescentou.

Van Rompuy afirma igualmente que pediu à presidência polaca da UE e ao presidente do Eurogrupo para convocarem para os dias imediatamente antes da reunião dos ministros das finanças da UE e da zona euro.

O adiamento foi decidido por Van Rompuy para dispor do tempo suficiente para procurar um consenso dos 27 países da UE e dos 17 membros da zona euro sobre as ideias avançadas no domingo por Angela Merkel, chanceler alemã, e Nicolas Sarkozy, Presidente francês.

Os dois líderes anunciaram no final de uma cimeira bilateral, em Berlim, a intenção de apresentar propostas para uma solução global para a crise do euro a validar pelos parceiros europeus antes da cimeira de chefes de Estado ou de Governo do G20 de 3 e 4 de Novembro, em Cannes.

Esta solução, afirmaram Merkel e Sarkozy, incluirá uma resposta sustentável para os problemas da dívida grega, critérios comuns para a recapitalização dos bancos europeus e propostas para o reforço da coordenação económica da zona euro, incluindo através de uma reforma do Tratado da UE.

Notícia actualizada às 13h40