Beyoncé acusada de plagiar coreografia em novo vídeo

Foto
Beyoncé durante o concerto no Pavilhão Atlântico, em 2009 Ana Banha/ Público/Arquivo

De acordo com o site de entretenimento AceShowbiz, o vídeo de Beyoncé, que se estreou na semana passada, mostra uma série de semelhanças a uma coreografia de Anne Teresa De Keersmaeker, que garante que não sabia de nada, visto que nenhuma permissão lhe foi pedida. "Não estou zangada, mas isto é plágio", disse a coreógrafa ao AceShowbiz.

Num vídeo do publicado no Youtube, os movimentos de dança de Beyoncé são comparados aos de Anne Teresa De Keersmaeker. Em "Countdown", Beyoncé aparece a dançar com os seus bailarinos num prédio abandonado, uma cena semelhante àquela que se pode ver no vídeo de Anne Teresa De Keermaeker, realizado com a empresa Rosa Danst Rosas, para o filme “Achterland”, que ganhou o prémio de Dance Screen, em 1994.

Beyoncé ainda não respondeu às acusações, mas a responsável pela realização do vídeo, Adria Petty, explicou que os passos utilizados foram uma inspiração da dança contemporânea europeia. “Eu dei alguns passos de dança de referência a Beyoncé e em conjunto escolhemos alguns. A maioria eram referências da dança moderna alemã, acreditem ou não”, disse à MTV News, acrescentando que se tratou de um processo que foi “evoluindo espontaneamente”.

Esta é a segunda vez este ano que Beyoncé é acusada de plágio. No vídeo "Run the World", dado a conhecer em Maio, a artista apresenta uma coreografia parecida com um trabalho da autoria da cantora Lorella Cuccarini, que acusou Beyoncé de plágio. No entanto, a cantora negou que tivesse plagiado, explicando que se tinha apenas inspirado nos movimentos de Lorella Cuccarini.

"É um bocado grosseiro, devo dizer. Nem sequer se deram ao trabalho de esconder. Parece que pensaram que podiam fazê-lo porque é um trabalho conhecido", disse a coreógrafa belga, reconhecida internacionalmente. "Se me sinto honrada? Já vi crianças fazerem isto nas escolas. É muito mais bonito", concluiu Anne Teresa De Keersmaeker.