Cimeira em Berlim

Alemanha e França prometem novo pacote anti-crise até ao final deste mês

Merkel e Sarkozy hoje em Berlim
Foto
Merkel e Sarkozy hoje em Berlim REUTERS/Fabrizio Bensch

A Alemanha e a França irão apresentar até ao final de Outubro um novo pacote de medidas para estabilizar a situação na zona euro, garantiram hoje Angela Merkel e Nicolas Sarkozy.

Reunidos em Berlim para discutirem a crise do euro, os dois líderes não deram, numa conferência de imprensa conjunta, detalhes sobre quais as acções a tomar, mas prometeram para breve a divulgação de um plano completo que enfrente a instabilidade que se vive na Grécia e no sistema financeiro europeu.

"Precisamos de apresentar uma resposta que seja sustentável e global. Decidimos entregar essa resposta até ao final deste mês porque a Europa precisa de resolver os seus problemas até à cimeira do G20 em Cannes", revelou o presidente francês. O novo pacote anti-crise deverá incluir um plano para recapitalizar os bancos europeus, um modelo para enfrentar o problema da dívida púbica grega e a introdução acelerada de maior coordenação económica, deram hoje a entender Merkel e Sarkozy.

Os dois líderes não quiseram dar para já mais detalhes, nem falar das divergências entre a Alemanha e a França sobre a forma como deverá ser feita a recapitalização dos bancos europeus. Nas suas declarações insistiram na ideia de que o problema grego será resolvido. "Estamos conscientes que a França e a Alemanha têm uma responsabilidade particular pela estabilidade do euro", disse Sarkozy.