Uma carta de amor ao punk em 77 retratos

Foto

"We Love 77", que já passou por Londres chega hoje ao Centro de Artes Plásticas de Coimbra.

Conhecemos Victor Torpedo com uma guitarra nos braços, dos concertos que nos fazem crer de novo, para sempre, na energia eléctrica reparadora do rock'n'roll (outrora nos Tédio Boys e 77, agora nos regressados Parkinsons e Tiguana Bibles). O que muitos não saberão é que Victor trilha um outro percurso, o de artista plástico, em parceria com o artista suíço Jay Rechsteiner.

Victor é Sardine, Jay é Tobleroni, juntos são Sardine & Tobleroni, a trabalhar desde 2006. "Ele vem da escola [de artes], eu venho do lado oposto. Há algumas coisas que ele aprende comigo e outras que eu aprendo com ele", diz Torpedo ao Ípsilon.

Em 2008, fizeram "Espelho Meu", uma história do rock português em quadros. Correu tão bem que quiseram avançar para outra. Nasceu "We Love 77", que já passou por Londres, onde mereceu "hype" na imprensa e duas mil visitas, e chega hoje ao Centro de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC), a cidade de Torpedo, onde fica até 29 de Outubro. A inauguração é às 16h00.

São 77 quadros pintados a duas mãos (Victor pinta a parte direita, Jay a esquerda), 77 retratos de personagens fundamentais da história do punk, das raízes (Sonics, Seeds) à explosão de 1977 (Ramones, Sex Pistols) e aventuras pós-punk (Wire, Joy Division), sem esquecer gente como os Descendents e os Rancid. Apaixonado por punk, em vez de se lançar numa tarefa ciclópica, Victor preferiu seguir as recomendações da revista Mojo, que listou os artistas punk mais importantes da história.

Se Torpedo é viciado em punk, Jay Rechsteiner interessa-se mais "pela estética punk". "É isso que torna excitante trabalhar com ele, ele vem mesmo de um mundo diferente do meu. É um ‘alien' no mundo da música", explica Torpedo. "We Love 77" é "uma carta de amor ao género", confessa. "Adoro a estética do punk, o dialecto do punk e a facilidade [de organização], até mesmo destes eventos. Há uma maneira DIY [‘do it yourself'] de construir isto tudo".

O programa de "We Love 77" (disponível em www.themonkeyinthebox.com) prevê também concertos, na Discoteca States, de Vic Goddard and The Subway Sect, Ten O Sevens, Ricky C Quartet, Paul Collins Beat e Parkinsons, que actuam amanhã, às 24h00. Haverá também filmes sobre punk, realizados por gente como Don Letts e Julien Temple.