Hóquei em patins

Espanha campeã mundial pela 15.ª vez e iguala Portugal

A Espanha sagrou campeã do mundo de hóquei em patins pela quarta vez consecutiva ao vencer a Argentina, por 5-4, reeditando a final de Vigo em 2009, e igualou Portugal no número de troféus conquistados (15).

A Espanha entrou melhor no encontro e aos 5 minutos abriu o marcador, por Josep Ordeig, para pouco depois Marc Torra ampliar a contagem. Antes do intervalo a Argentina chegou ao golo por intermédio de David Paez.

Na segunda parte, Jordi Bargallo colocou Espanha a vencer por 3-1, mas a Argentina, aos 23 minutos, voltou a acender a chama do jogo ao reduzir a diferença, por intermédio de Pablo Álvarez.

A equipa espanhola ficou ferida no orgulho por esta “ousadia” e num minuto fez dois golos, sentenciando todas as aspirações da formação das “Pampas”, primeiro por Sergi Panadero e depois por Pedro Gil.

A Argentina procurou a todo o custo inverter a marcha do marcador, mas o melhor que conseguiu foi reduzir para a diferença mínima, graças aos golos de Pablo Álvarez e de Emanuel Garcia.

Um dos árbitros do encontro foi o português José Pinto, considerado um dos melhores do mundo na modalidade.

Sugerir correcção