Apenas 21 tiveram lucro nos últimos três anos

Empresas do Estado acumularam prejuízos de 500 milhões em 2010

Pedro Cunha (arquivo)
Foto
Pedro Cunha (arquivo)

As perdas acumuladas do Sector Empresarial do Estado alcançaram 500 milhões de euros em 2010, excluindo o Metro de Lisboa e o Centro Hospitalar do Porto, revela um estudo apresentado hoje.

Este valor compara com os prejuízos globais de 200 milhões de euros em 2009.

A primeira edição do “Anuário do Sector Empresarial do Estado”, elaborado pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, analisa o desempenho das empresas públicas em 2010 e revela que os resultados operacionais, financeiros e líquidos das 154 companhias analisadas pioraram no ano passado, pondo em risco a sua sustentabilidade.

Em 2010, o endividamento líquido das 77 empresas que compõem a carteira principal da DGTF cresceu para 23 mil milhões de euros e a dívida de curto prazo ultrapassou 13 mil milhões de euros.

De acordo com o estudo, 26 empresas do Estado estão em situação de falência técnica, com capitais próprios negativos.