Filme de João Canijo vence prémio da crítica internacional em San Sebastian

Foto

Prémio FIPRESCI

 Primeiro, uma menção honrosa. Agora, o Prémio da Crítica Internacional. O filme "Sangue do Meu Sangue", do realizador João Canijo, recebeu ontem mais um galardão não oficial do festival San Sebastian, que este sábado terminou em Espanha.

Em competição por este prémio estavam outros 15 filmes. Acabou por vencer o novo trabalho de Canijo, que na quinta-feira assegurou a difusão na estação de televisão pública espanhola ao receber a menção honrosa na atribuição do prémio Otra Mirada da TVE.

"Sangue do Meu Sangue", que o cineasta escreveu em parceria com os actores, narra o amor de uma mãe solteira pela filha, interpretadas por Rita Blanco e Cleia de Almeida.

Para a produtora Midas Filmes, a "atribuição destas duas distinções tem um significado muito especial", tanto pela participação "extremamente importante" da TVE no cinema nacional como por ser atribuído "por um grupo alargado e prestigiado de críticos", refere em comunicado.

A escolha pertenceu a cinco jornalistas de cinema da federação internacional da imprensa cinematográfica, a FIPRESCI, de um júri presidido por Paulo Portugal e do qual faziam ainda parte Horacio Bernades, da Argentina, Geri Krebs, da Suíça, Stanislav Ulver, da República Checa, e Imma Merino Serrats, de Espanha.

O filme estreia em Portugal a 6 de Outubro e continuará a ser exibido nos festivais internacionais - em Toronto, no Rio de Janeiro e em Busan (Coreia do Sul).