Designer norte-americano lança a Gif.tv

Uma prova de amor de Edwin Tofslie ao universo dos GIFs

Foto
A Gif.tv nasceu por amor... aos GIFs Ángel Rodríguez/Flickr

É uma daquelas ideias que todos nós achamos que podíamos ter, mas não tivemos. Aliás, quando a Gif.tv foi lançada, a 23 de Agosto, a reacção dos mais variados sites e blogues de tecnologia foi comum.

"Mas porque é que eu não pensei nisto antes?", questionava Xeni Jardin, fundadora e co-editora do aclamado Boing Boing.

Edwin Tofslie foi mais rápido. Aos 30 anos, o designer e director criativo norte-americano tem uma carteira de clientes invejável. Já trabalhou para a Nike, Subaru, HBO e Sony.

GIFs por amor

Desta vez, decidiu render-se ao poder imagético deste formato de imagem, que, apesar de ter origens em 1987, tem vindo a sofrer uma ascensão meteórica de popularidade (em boa verdade, diga-se, graças ao poder dos "tumblrs").

"Eu acredito que as pessoas gostam de actividades simples e divertidas. Há tantos sites que tornam complicadas as tarefas mais simples", diz, em declarações enviadas ao P3.

"A Gif.tv nasceu do amor por GIFs, do desejo de nostalgia que corre nas nossas veias e da vontade de ter um divertimento simples e fácil."

"Zapping" de GIFs

Numa televisão bem "retro", vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana, passam as imagens seleccionadas por Tofslie.

Na Gif.tv o "zapping" é de GIFs. E há de tudo: desenhos animados, pedaços de "Curb Your Enthusiasm" ou recordações de futebol. 

Em duas semanas, foram vistos mais de quatro milhões de GIFs. O número promete continuar a aumentar.

Toda a gente pode sugerir imagens, que terão de passar pelo crivo do designer.