Educação

Bruxelas lança estratégia para aumentar número de licenciados

A estratégia delineia o objectivo de ter até mais 40 por cento de licenciados
Foto
A estratégia delineia o objectivo de ter até mais 40 por cento de licenciados Foto: Pedro Cunha/arquivo

A Comissão Europeia quer aumentar o número de licenciados na UE e, simultaneamente, melhorar a qualidade educativa, objectivos que pautam uma estratégia a apresentar hoje, em Bruxelas.

A estratégia delineia o objectivo de ter até mais 40 por cento de licenciados, uma vez que estatísticas prevêem que, em 2020, 35 por cento do total dos postos de trabalho na União Europeia (UE) exigirão qualificações de nível superior.

Bruxelas quer ainda que as universidades adeqúem os curricula às exigências do mercado de trabalho. A criação de uma tabela das melhores universidades europeias está também nos planos da Comissão, o que ajudará os alunos na instituição onde estudar.

Um dos pontos de partida do executivo comunitário é a constatação de que o potencial das instituições de ensino superior está subaproveitado, nomeadamente no contributo que podem dar para a prosperidade da Europa.

Sugerir correcção