Vítor Pereira: "Fomos uns justos vencedores"

Foto
Vítor Pereira segue invicto na I Liga José Manuel Ribeiro/Reuters (arquivo)

"A chave da vitória foi a equipa. O João [Moutinho] entrou bem, mas a equipa fez uma belíssima primeira parte. Faltaram os golos. O V. Setúbal fechou bem os espaços, mas é normal que com o decorrer do jogo os espaços comecem a aparecer. Os meus jogadores fizeram um belíssimo espectáculo, criaram inúmeras situações de golo e foram uns justos vencedores. Temos vindo a crescer em termos de comportamento. O plantel tem muita qualidade. Em dia de inspiração os jogadores proporcionam momentos belíssimos. Hoje, foi um jogo em que disfrutei claramente aquilo que fizemos", declarou Vítor pereira após a partida.

O treinador portista comentou ainda o facto de Hulk ter começado a partida no banco de suplentes e, perto do fim, ter entrado em jogo: "Acho que o jogo estava bom para ele. Sentindo isso coloquei-o a jogar. Quisemos poupá-lo de alguma forma, não queríamos que fizesse o jogo inteiro e penso que correspondeu."

Sobre a polémica em torno das suas declarções há alguns dias, nas quais disse que ainda não tinha visto jogos do Benfica, Vítor Pereira optou por não responder à afirmação de Jorge Jesus, que garantiu já ter visto encontros do FC Porto por ser sua obrigação: "Disse aquilo sem qualquer sentido depreciativo. Vamos ao jogo jogado e vamos ver quem joga dentro do campo."

"Tentámos manter o zero na nossa baliza"
Conhé, adjunto de Bruno Ribeiro, aceitou o triunfo portista com naturalidade. "Viemos defrontar o FC Porto, uma equipa poderosa e o Vitória veio com uma estratégia para defender a nossa baliza. Fomos uma equipa que soube estar em campo. O FC Porto esteve muito bem, mas tentámos manter o zero na nossa baliza. O FC Porto depois foi feliz, marcou um golo, atacou mais e nós metemos mais dois avançados e melhorámos um pouco em termos ofensivos. O FC Porto acabou por fazer o terceiro golo e parece-me que foi um justo vencedor."