Futebol

Benfica vende Roberto ao Saragoça por 8,6 milhões de euros

Roberto foi apresentado há um ano no Benfica
Foto
Roberto foi apresentado há um ano no Benfica Foto: Isabel Cutileiro

O Benfica comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a venda do guarda-redes Roberto ao Saragoça, por 8,6 milhões de euros.

Roberto foi contratado pelo Benfica no início da temporada 2010-11. Os “encarnados” pagaram 8,5 milhões de euros ao Atlético de Madrid por Roberto, que se tornou no guarda-redes mais caro da história do clube.

Na altura, Roberto assinou um contrato válido por cinco temporadas que previa uma cláusula de rescisão no valor de 20 milhões de euros. Porém, algumas exibições menos conseguidas no arranque da época fizeram com que fosse olhado com desconfiança pelos adeptos. No entanto, o guardião manteve sempre a confiança do treinador Jorge Jesus.

Neste Verão, com a chegada à Luz de Artur Moraes (ex-Sporting de Braga) e Eduardo (emprestado pelo Génova), Roberto perdeu espaço na equipa principal.

Aos 25 anos, Roberto regressa ao Saragoça, onde já jogou na época 2009-2010 por empréstimo do Atlético de Madrid, tendo deixado boas indicações.

O clube espanhol confirmou a contratação, adiantando que a transferência “supera os oito milhões de euros”. O guarda-redes foi apresentado nesta segunda-feira e mostrou-se satisfeito por regressar ao Saragoça: “Venho com muita ambição para o novo projecto que se está a montar para a próxima temporada.”

“Saragoça é a minha casa, para mim é um orgulho voltar aqui. Conheço muitos dos meus companheiros de equipa e vou-me sentir muito confortável a trabalhar com gente jovem e de qualidade”, acrescentou Roberto.

Notícia actualizada às 21h43