Em Lisboa, na zona de Santos

Prédio em risco de derrocada vai ser demolido

O prédio devoluto que ameaça ruir no número 11 da rua Marcos Marreiros, na zona de Santos, Lisboa, vai ser demolido. Segundo a directora municipal da Protecção Civil, Emília Castela, o edifício já está sinalizado desde Fevereiro por estar em mau estado de conservação.

O edifício de três andares é propriedade da Empresa Pública de Urbanização de Lisboa (EPUL) e está desabitado “há algum tempo”, referiu Emília Castela. Nos últimos tempos, “têm-se soltado alguns fragmentos do prédio, ao nível da cobertura e do segundo andar”, adiantou a responsável.

“A EPUL disse que hoje à tarde ia fazer uma nova a avaliação ao estado do prédio e que vai continuar à procura de uma empresa para fazer a demolição o mais rápido possível”, disse, sublinhando que “o licenciamento já está feito”.

Os bombeiros e a Protecção Civil municipal estiveram esta manhã a retirar materiais que poderiam cair com o vento. “Já foi estabelecido um perímetro de segurança, em caso de derrocada, mas aquela rua é estreita e muitas vezes as pessoas retiram as grades para circular”, afirmou a directora municipal.

Uma moradora no edifício vizinho ao prédio devoluto disse hoje à Lusa que o imóvel está “muito instável” e que o tecto “não tem base de sustentação”.

“Acho que não vai aguentar um dia assim. A situação está muito perigosa. Os bombeiros estiveram cá hoje e retiraram uma parte do prédio, mas não podem fazer mais nada”, acrescentou a moradora.

Sugerir correcção