FC Porto goleou amadores do Gutersloh por 10-1

Foto
Hulk marcou três golos Reuters (arquivo)

Kléber (28 minutos) e Djalma (35), os únicos “reforços” a entrar no “onze” inicial, com bons indicadores, construíram o resultado ao intervalo (2-0): com novas equipas na etapa complementar, os “dragões” aumentaram o fosso para um adversário pobre tecnicamente, mas lutador, pelo que o rolo compressor portista foi avolumando o resultado.

O treinador Vítor Pereira apostou em James Rodríguez (muito activo) na posição “10” – experiência que não é estranha ao colombiano –, com Djalma e Varela nas alas a servirem Kléber, sempre muito activo à procura da bola.

No “miolo”, Souza era o “trinco” e o “capitão” Castro jogou um pouco mais adiantado.

Foi a centro de David (28 minutos) que Kléber inaugurou, de cabeça, o resultado, com o jovem avançado brasileiro a ver-lhe ser anulado um golo, sem motivo aparente, quatro minutos depois, por pretensa carga sobre um rival.

O FC Porto jogava apoiado, em velocidade e, aos 35 minutos, Djalma, liberto, concluiu sem problemas um lance gizado por James e Castro.

No segundo tempo entrou um “onze” novo e Hulk, já em boa forma, e o jovem Christian (assistiu para três golos) imprimiram um ritmo maior, que o FC Gutersloh não conseguiu acompanhar.

O jovem brasileiro Kelvin fez de James Rodríguez a organizar o jogo, revelando, objectividade, velocidade e bom toque de bola, apesar da sua compleição franzina.

A diferença técnica e maior capacidade física dos “dragões” foram sendo cada vez mais sentidas e os golos surgiram em catadupa, até ao 10-1 final.

Equipa do FC Porto

Beto, Sapunaru, Rolando, Tiago Ferreira, David; Souza, Castro, James Rodriguez; Djalma, Varela e Kléber. Jogaram ainda Bracali, Sereno, Maicon, Otamendi, David Addy, Ruben Micael, João Moutinho, Kelvin, Christian, Hulk e Walter.

Golos: 0-1, Kleber 28; 0-2, Djalma, 35; 0-3, Hulk, 47 (grande penalidade); 0-4, Hulk, 59; 0-5, Ruben Micael, 60; 0-6, Walter, 68; 1-6, Wieckowicz, 75; 1-7, Walter, 78; 1-8, Maicon, 79; 1-9, Hulk, 83; 1-10, Walter, 87.