Canadá

Violência em Vancouver após final do hóquei no gelo

Os adeptos desafiavam as autoridades
Foto
Os adeptos desafiavam as autoridades Anthony Bolante/Reuters

A cidade canadiana de Vancouver transformou-se nesta última madrugada numa autêntica zona de guerra, com os adeptos dos Canucks a reagirem com violência a derrota no jogo sete da Stanley Cup, a final do campeonato norte-americano de hóquei no gelo, frente aos Boston Bruins. Entre e veja o vídeo

Após o desaire por 4-0 que impediu a equipa canadiana de somar o seu primeiro título na liga, milhares de pessoas que estavam concentradas no centro da cidade embarcaram em actos de violência que incluiram pilhagens e a destruição de mais de uma dezena de automóveis, incluindo dois da polícia.

As autoridades enfrentaram a multidão em fúria e dispararam gás lacrimogénio e balas de borracha, efectuando, posteriormente várias prisões. Os hospitais da cidade também receberam vários feridos, mas ainda não foram divulgados números, nem sobre os feridos, nem sobre os prejuízos materiais.

O que aconteceu nesta última madrugada é em tudo semelhante ao que ocorreu em 1994, em que os Canucks perderam a Stanley Cup frente aos New York Rangers, em que os adeptos também provocaram distúrbios.

O vídeo dos motins
Sugerir correcção