Imagens inéditas de uma jovem Marilyn Monroe vêm agora a público

As imagens terão sido tiradas na década de 1950 em Los Angeles
Foto
As imagens terão sido tiradas na década de 1950 em Los Angeles Cortesia de Anton Fury/CNN

Um fotógrafo americano, Anton Fury, tinha como passatempo percorrer vendas de garagem e comprar negativos ou velhos retratos. Em 1980 comprou uns negativos inéditos: de uma jovem Marilyn Monroe prestes a tornar-se um ícone mundial

Apesar de os negativos terem sido comprados da década de 1980, só agora foi noticiada a sua existência, numa altura em que a lenda do cinema americano comemoraria 85 anos se ainda fosse viva.

Só agora Fury autorizou a CNN a publicar estas imagens - que mostram uma Marilyn Monroe sexy, em bikini - tiradas durante uma sessão fotográfica numa altura em que a jovem actriz ainda não era muito conhecida.

Fury contou à CNN que comprou um envelope com negativos a preto e branco por dois dólares, em Parsippany, Nova Jérsia. "Levei-os para casa, pu-los sobre o ecrã de luz e, com uma lupa, percebi imediatamente que eram fotografias de Marilyn", disse. "Foi provavelmente o meu maior achado numa venda de garagem", acrescentou.

Um segundo envelope comprador no mesmo sítio trazia cerca de 70 negativos da actriz Jayne Mansfield.

Fury manteve todos os negativos na sua posse durante as últimas três décadas, não sabendo muito acerca deles. Só na semana passada voou até Los Angeles para mostrar as imagens a David W. Streets, um negociante de arte de Beverly Hills que já lidou anteriormente com imagens da bomba platinada de Hollywood.

Depois de analisar as imagens, Streets suspeita que estas datam de antes de Monroe se transformar numa diva do cinema, embora já tivesse aqui o seu famoso cabelo platinado e curto que a tornou um ícone em praticamente todo o mundo.

Streets estima que as imagens tenham sido tiradas na década de 1950, um ano de viragem para Monroe por causa dos seus papéis em "Selva de Asfalto" e "All About Eve".

"Sei que as fotografias foram tiradas aqui, em Los Angeles. Dá para perceber por causa dos cenários de fundo e do que vemos nas imagens", disse Streets, que admite, porém, não saber mais nada acerca das fotos. Não se sabe quem foi o autor, nem o ano exacto. "Quero que as pessoas liguem e que mandem e-mails e expliquem onde é isto e quem tirou as fotos", apelou o negociante de arte.

Uma das chaves do segredo poderá estar num mesmo homem que aparece nas imagens de Monroe e também nas de Mansfield, que foram contemporâneas e amigas.

Monroe, que teria 24 anos em 1950, usou dois bikinis e calções curtos durante a sessão de fotos junto a uma piscina.

O risco que Fury corre em mostrar finalmente as imagens é alguém vir a público declarar legalmente a propriedade dos negativos, que continuam protegidas por leis de direitos de autor mesmo depois de terem passado 60 anos.