FC Porto bate Benfica e volta a colocar-se em vantagem

Foto
O FC Porto volta a estar em vantagem na final da Liga de basquetebol Nélson Garrido (arquivo)

O conjunto portista passa agora a precisar apenas de um triunfo para voltar a conquistar um título que lhe escapa desde 2004, o que pode acontecer em Lisboa, neste domingo, dia em que o Benfica, por outro lado, tentará adiar tudo para a “negra”.

Depois de as duas equipas atingirem o intervalo empatadas (38-38), o FC Porto, liderado por Carlos Andrade (16 pontos, oito assistências e seis ressaltos), conseguiu uma vantagem importante que geriu até final.

Julian Terrell, com 24 pontos e 15 ressaltos, foi o jogador mais valorizado do encontro e o FC Porto também contou com a ajuda de Gregory Stempin (27) e Sean Ogirri (14).

Marquin Chandler foi o melhor marcador do Benfica, com 21 pontos, seguido de Gregory Jenkins (17), Heshimu Evans (16) e Ben Reed (13).

“Fizemos um basquetebol espectacular e isso permitiu-nos fazer 50 pontos na segunda parte”, afirmou Moncho López. Para Henrique Vieira, a sua equipa não teve jogo interior e agora só há um objectivo: “Temos de tentar o 3-3 e depois voltar aqui”.