Alegre acusa Passos de falta de respeito por causa de Nobre

O ex-candidato presidencial Manuel Alegre considerou ontem que o líder do PSD, Pedro Passos Coelho, manifestou "falta de respeito" pelo Parlamento e por "figuras" sociais-democratas ao prometer apoiar Fernando Nobre para presidente da Assembleia da República. A posição de Alegre foi assumida em declarações à agência Lusa e Antena 1, após ter apresentado um livro no Instituto Franco-Português, em Lisboa.

"Neste episódio de se pretender candidatar Fernando Nobre a presidente da Assembleia da República, mais do que a decisão que o doutor Nobre tomou - e que a mim não me surpreendeu -, o que me assusta é que um candidato a primeiro-ministro tenha mostrado uma tal falta de consideração e de respeito pelo Parlamento. Falta de consideração e de respeito até por figuras do seu próprio partido que poderiam naturalmente aspirar e tinham o direito de ser presidentes da Assembleia da República", lamentou Alegre, dizendo ainda estar "assustado com a desconsideração que ele [Pedro Passos Coelho] fez ao Parlamento".