Dona do Continente fica com 49 por cento da joint venture

Sonae formaliza acordo com Isabel dos Santos para entrar em Angola

Continente chega a Angola em parceria com a Condis, de Isabel dos Santos
Foto
Continente chega a Angola em parceria com a Condis, de Isabel dos Santos Foto: Enric Vives-Rubio

A Sonae chegou hoje a acordo com Isabel dos Santos, empresária e filha do Presidente da República de Angola, para abrir uma rede de hipermercados Continente naquele país.

Em comunicado enviado à CMVM, a Sonae revela que a parceria com a Condis (detida por Isabel dos Santos e pelo marido, Sindika Dokolo) implica o “desenvolvimento conjunto de uma operação de exploração da actividade de retalho em Angola”. Será criada uma joint-venture em que a maioria do capital (51 por cento) fica nas mãos da Condis; a gestão operacional estará a cargo da Sonae e as “decisões relevantes serão partilhadas”.

Sem avançar valores, a dona do Continente (e do PÚBLiCO), diz que “o investimento requerido será conduzido, preferencialmente, numa óptica capital light e “não incluirá o investimento na componente imobiliária, existindo já investidores locais com interesse em se associar ao desenvolvimento do projecto”. A parceria está sujeita à apreciação final das autoridades angolanas, refere o comunicado.

Isabel dos Santos tem participações em várias empresas portuguesas, nomeadamente, na Galp – através da Amorim Energia, em associação com a Sonangol - , Zon, Banco BIC Português e BPI.

Sugerir correcção