Jesualdo Ferreira considera que FC Porto será um campeão com mérito

Foto
Jesualdo Ferreira destaca a importância do triunfo portista na Supertaça Nélson Garrido (arquivo)

“Não tenho dúvidas que o FC Porto voltará a ser campeão nacional esta época, após o interregno de apenas um ano”, o técnico que conquistou o 24.º título para os ‘dragões’ em 2008-09, ao mesmo tempo que atribui à “irregularidade na competição” o eventual lugar secundário do Benfica.

Sem previsões definitivas para o clássico de domingo, da 25.ª jornada do campeonato, o actual treinador do Panathinaikos, vice-campeão da Grécia, realça: “Para o FC Porto é um jogo para o título, para o Benfica é um jogo para o orgulho”.

“O factor casa é claramente positivo para o Benfica, mas o FC Porto está muito habituado a ambientes adversos, que até lhe conferem mais vontade e capacidade de superação, pois motivam-se com esses climas”, referiu o técnico.

Voltando à análise da época, Jesualdo Ferreira realçou a conquista da Supertaça pelo FC Porto e a importância dessa vitória no primeiro confronto entre portistas e benfiquistas: “Transmitiu confiança e ajudou a que o Benfica entrasse mal na temporada, nomeadamente nos primeiros jogos do campeonato”.

“A má entrada do Benfica na Liga foi decisiva, pois perdeu três dos primeiros quatro jogos, enquanto o FC Porto ganhou tudo o que tinha que ganhar nesse arranque”, frisou o técnico.

Falando com experiência na matéria, o treinador argumentou: “Sei bem o que significa para aquela equipa estar na frente: ganharam confiança, mesmo face às vitórias consecutivas do Benfica, e não fraquejaram”.

O anterior treinador campeão pelos portistas sublinhou, porém, um aspecto que poderá influenciar bastante a actuação do FC Porto, domingo, no Estádio da Luz: “A excepção, comparando com anteriores conquistas, é o objectivo de chegar ao fim do campeonato sem ter perdido um único jogo”.

O FC Porto, primeiro classificado, visita o Benfica, domingo (20h30), em partida da 25.ª jornada do campeonato de futebol e, em caso de vitória, sagra-se campeão nacional de futebol pela 25.ª vez, somando 16 pontos de vantagem face aos 15 possíveis das últimas cinco jornadas.

Sugerir correcção
Comentar