Mobilidade

Carros eléctricos vão percorrer o país a partir de hoje para populações experimentarem

O facto de o carro eléctrico ser silencioso foi sublinhado como factor de melhoria da vida nas cidades
Foto
O facto de o carro eléctrico ser silencioso foi sublinhado como factor de melhoria da vida nas cidades Foto: Rui Gaudêncio/arquivo

Durante os próximos dois meses, 25 cidades portuguesas vão receber a visita de carros eléctricos, tipicamente citadinos, para que as populações possam ter a experiência de uma condução ecológica.

A experiência começou hoje em Lisboa, no Parque das Nações, e teve como piloto o secretário de Estado da Energia e Inovação, Carlos Zorrinho.

Durante o fim-de-semana, o volante fica à disposição dos cidadãos que queiram inscrever-se no stand montado no local por uma marca de automóveis europeia com tradição no mercado português.

Até ao final de Maio, cada uma das 25 cidades que acolhe este “road-show” em parceria com a MOBI.E (entidade coordenadora da Rede de Mobilidade Eléctrica) vai ter os pequenos automóveis à disposição durante dois dias.

O lançamento da “Electric Tour” contou também com a presença da secretária de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades, Fernanda do Carmo, para quem o carro eléctrico será o futuro da mobilidade, mas pode ser desde já adoptado.

A governante lembrou a infra-estrutura que está a ser criada e considerou estar em causa também “uma mudança de mentalidade”. A secretária de Estado considerou “da maior importância” para Portugal a mobilidade eléctrica, seja no transporte colectivo, seja no individual.

A diminuição das emissões de dióxido de carbono, no âmbito do compromisso do Protocolo de Quioto, em matéria ambiental, a par da poupança para empresas e famílias foram alguns dos argumentos usados pela governante.

O facto de o carro eléctrico ser silencioso foi também sublinhado como factor de melhoria da vida nas cidades.

A iniciativa hoje lançada vai chegar às 25 cidades que integram a fase piloto da rede para a mobilidade eléctrica, onde existem postos de carregamento das baterias. Depois de Lisboa, os carros seguem para Cascais e chegarão a Sintra no início de Abril.

Seguem-se Loures, Almada, Setúbal, Évora, Beja, Faro, Leiria, Santarém, Torres Vedras e Coimbra. Em Maio será a vez de Aveiro, Porto, Vila Nova de Gaia, Guimarães, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco e Portalegre.

O Governo lançou em 2008 o MOBI.E, estando em planeamento a segunda fase da rede, para o alargamento a mais cidades.