Com o filme “América”

João Nuno Pinto premiado na Bulgária

“América” valeu a João Nuno Pinto o prémio de melhor realizador
Foto
“América” valeu a João Nuno Pinto o prémio de melhor realizador DR

O filme “América” valeu a João Nuno Pinto o prémio de melhor realizador do Festival Internacional de Cinema de Sofia, que terminou no domingo na Bulgária, anunciou hoje a produtora Ukbar Filmes.

“América”, a primeira longa-metragem de João Nuno Pinto, integrava a secção competitiva internacional do festival ao lado de uma dezena de produções, tendo recebido o prémio de melhor realização.

A 15ª edição do festival de Sofia decorreu de 04 a 13 de Março e valeu a “Shelter”, de Dragomir Sholev o prémio de melhor filme.

“América”, que é uma coprodução entre Portugal, Brasil e Rússia, terá antestreia no festival IndieLisboa e estreia comercial nos cinemas portugueses a 19 de Maio.

O filme tem argumento de Luísa Costa Gomes, João Nuno Pinto e Melanie Dimantas e conta no elenco com Chulpan Khamatova ("Good Bye Lenine"), Fernando Luís, Dinarte Branco, Cassiano Carneiro, Raúl Solnado e a actriz espanhola María Barranco.

O filme versa sobre um triângulo amoroso numa “espécie de América dos pobres e desfavorecidos” que é Portugal, com a entrada de milhares de imigrantes africanos, brasileiros e de Leste.

“América” teve um orçamento de 1,4 milhões de euros e na fotografia conta com Carlos Lopes (que assinou a fotografia de “Alice”).

Notícia corrigida às 15h58
Sugerir correcção