Partidos e "jotas" discretos na manifestação

Protesto apartidário contou com políticos

A presença anunciada dos partidos tinha gerado descontentamento entre os jovens que se queriam manifestar. Mas, embora discretamente, PCP, BE e JSD não deixaram de marcar presença.

"Penso que o facto de sermos militantes de um partido não nos retira direitos civis", disse Rita Rato. A deputada, em representação do PCP - juntamente com João Oliveira, Miguel Tiago e Bruno Dias -, explicou que tinha recebido um convite para participar nesta "luta contra a precariedade". Do Bloco de Esquerda participaram os também jovens e deputados Catarina Martins, José Gusmão e Rita Calvário. A JSD distribuiu "notas" de 500 euros com a cara impressa de José Sócrates - "o rosto da geração dos 500 euros". Os deputados Pedro Rodrigues e António Leitão Amaro e o líder da "jota" Duarte Marques foram os rostos do PSD presentes.

Presentes estiveram ainda os ex-candidatos presidenciais Garcia Pereira e José Manuel Coelho - este com um cartaz que dizia "O povo unido não precisa de partido". As únicas bandeiras partidárias que se fizeram notar foram as do novo Partido pelos Animais e pela Natureza. Vera Ramalhete