Sustentabilidade

Miniautocarro eléctrico e ponte ciclável colocam Almada na corrida a prémio europeu

O Flexibus foi lançado em 2010
Foto
O Flexibus foi lançado em 2010

Almada é, como já tinha acontecido em 2008, uma das três cidades finalistas do prémio que anualmente distingue a participação "mais efectiva e inovadora" na Semana Europeia da Mobilidade.

Riga, na Letónia, e Múrcia, em Espanha, são as outras candidatas ao título, que vai ser entregue a 14 de Março.

"A maior riqueza da nossa candidatura é participarmos neste projecto com grande regularidade", diz a directora do departamento de estratégia e gestão ambiental sustentável da Câmara de Almada. Catarina Freitas frisa que o município está envolvido nesta iniciativa há dez anos, acrescentando estar "muito esperançada" que "a constância e o compromisso inequívoco" sejam premiados.

O júri que avaliou as candidaturas ao prémio destacou em relação a Almada o esforço na promoção de alternativas sustentáveis de mobilidade junto de diferentes públicos-alvo, bem como a "impressionante variedade" das medidas concretizadas a título definitivo. Entre elas esteve o lançamento do Flexibus (um serviço de transporte público em miniautocarros eléctricos), a instalação de pontos de carregamento de veículos eléctricos e a criação de uma passagem aérea ciclável e pedonal para ligar o campus universitário da Caparica ao pólo empresarial Madan Park.

De Múrcia o júri destacou uma "mistura criativa de actividades para promover hábitos de transporte saudáveis e sustentáveis" e de Riga o "ambicioso programa de iniciativas". Gävle (Suécia), Budapeste (Hungria), Koprivnica (Croácia), Leão (Espanha), Copenhaga (Dinamarca), Nantes (França) e Ljubljana (Eslovénia) ganharam o prémio em anos anteriores. Na nona edição da Semana Europeia da Mobilidade - que decorreu entre 16 a 22 de Setembro de 2010 - participaram 2221 vilas e cidades da Europa, do Brasil, Canadá, Equador, Argentina e Japão. Durante uma semana, promoveram actividades sob o tema Travel Smarter, Living Better, que em Portugal foi traduzido para "Viaje bem, viva melhor".