Laurentino Dias lamenta incidentes no Sporting-Benfica

O Secretário de Estado de Juventude e do Desporto lamentou os acontecimentos e deixou algumas críticas à forma “branda” como as leis são aplicadas, embora tenha elogiado as forças de segurança, que têm tido “uma actuação de grande nível em termos gerais”.

“As leis são boas, mas temos hábitos pouco saudáveis nesta matéria. Fazemos os possíveis para fazermos boas leis, mas depois somos muito brandos na aplicação dessas leis”, afirmou Laurentino Dias, à margem do seminário “Futebol - Um Desporto Seguro”, em Oeiras, iniciativa em que se abordou a violência no futebol.

Questionado sobre o papel do governo em situações semelhantes, Laurentino Dias garantiu que o Estado não pode aplicar sanções mais pesadas, pois “há regulamentos que deferem essa competência para a Liga de Futebol”. “Há organismos, por força da lei, competentes para tomar essas decisões e não tenho de antecipar as decisões que esses organismos têm de tomar no quadro das suas competências”, referiu.

Sobre o comunicado emitido pelo Sporting, em que criticava o comportamento da Polícia de Segurança Pública (PSP), o Secretário de Estado escusou-se a fazer comentários. “Não faço comentários a comentários de um clube desportivo ou dirigente desportivo. A missão de um membro do governo não é fazer comentários nesse tipo de situações”, concluiu.

Os incidentes nas bancadas do Estádio José Alvalade durante o Sporting-Benfica, na passada segunda-feira, causaram seis feridos e cinco detenções.