Liga

Jesus abandonou “flash interview”, Luisão defende técnico

Jesus irritou-se
Foto
Jesus irritou-se Reuters

O treinador do Benfica falou em mentiras dos jornais e não gostou da pergunta do jornalista na entrevista rápida a seguir ao jogo em Aveiro, interrompendo-a de forma abrupta e saindo do local. O capitão diz que está tudo bem entre os jogadores e o treinador.

A vitória sobre o Beira-Mar serviu para serenar os ânimos na Luz. Mas os nervos continuam à flor da pele no Benfica. Logo ao seguir ao triunfo em Aveiro e quando questionado sobre o ambiente no balneário, Jesus foi directo: “Não podemos calar alguns jornais que escrevem mentiras”. Depois, instado a comentar o momento que o clube atravessa, na ressaca da eliminação da Champions e a diferença de oito pontos para o líder FC Porto, o técnico abandonou a “flash interview”.

Questionado sobre se sentia o lugar ameaçado devido aos recentes resultados, Jesus perguntou ao jornalista se queria falar do jogo, ao que o repórter respondeu que seria ele a decidir as perguntas. "Então tchau", disse o técnico, abandonado o local.

Logo a seguir foi Luisão a sair em defesa do seu técnico. “Não sei de onde vêm essas notícias [de haver mau ambiente entre jogadores e treinador]. É uma falta de respeito terem escrito isso. E quem escreve ou diz isso não está dentro do nosso balneário. Não sabe o relacionamento que temos com o nosso treinador, que retirou o máximo de cada um de nós na temporada passada para sermos campeões. Tem feito um trabalho sério. Mas acabamos sempre por ficar um pouco refém dessas notícias. Damos tudo dentro do campo porque sabemos que ele merece”, destacou o brasileiro.

No sábado antes do encontro, o presidente Luís Filipe Vieira tinha reiterado o voto de confiança no treinador.

“É com Jorge Jesus que queremos e vamos continuar a ganhar. Conheço-lhe o trabalho, a exigência e a seriedade”, disse o líder benfiquista no almoço comemorativo da inauguração da Casa do Benfica de Mira.

Notícia alterada às 15h40Veja o vídeo