Ursos enjaulados desde 2005 já estão no Zoo de Lisboa

Foto
Ursos pertenciam a circo

Os três ursos do Circo Irmãos Torralvo, de Marco de Canaveses, que estavam desde 2005 trancados numa jaula por não poderem ser utilizados em espectáculos, foram alojados anteontem nas instalações do Jardim Zoológico de Lisboa.

De acordo com a assessora do Zoo de Lisboa, Inês Carvalho, os três animais chegaram no sábado ao jardim zoológico da capital, onde permanecerão em quarentena, sem acesso do público. O Jardim Zoológico será a casa provisória de Misha, César e Casse até novas indicações por parte do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB).

O circo, também conhecido como Circo Magic, apresentou a sua última sessão em Abril e o destino do trio de ursos pardos ficou suspenso entre leis e entre intenções do ICNB. Estiveram, até agora, a viver numa jaula exígua, na freguesia de Vila Boa do Bispo. "Apreenderam os animais e deixaram-nos como estão. Estamos sempre à espera do dia em que os vêm buscar. A jaula é de transporte e ali ficaram", afirmou Odete, trapezista de 26 anos, filha dos donos do circo, Odete e Reinaldo, em declarações ao PÚBLICO no final de Outubro.

"Não podíamos continuar com as novas leis", garantiu Odete, a mãe. O temporal que abalou o circo e o incêndio na caravana pioraram a situação. Foram obrigados a desistir ou a procurar outros palcos, como alguns familiares que emigraram para Espanha.

"É muito caricato", lembrava Reinaldo Torralvo. "Proíbem os animais no circo, mas não têm sítio para os meter", acrescentou Odete, fiel depositária destes animais (e do resistente burro Pavarotti) "há mais ou menos cinco anos". PÚBLICO